sexta-feira, setembro 29, 2006

Insônia

To aqui há horas rolando de um lado pra outro.
Já tomei chá "doces sonhos", banho quente, relaxante muscular.
Tentei ler, ver televisão, escutar música.
Deitar no escuro, fechar os olhos, tentar não pensar em nada.
Já meditei.
Rezei.
E to aqui, com a cabeça fervilhando.
Montes de perguntas que não consigo responder:
- Por que a gente não consegue desligar a saudade?
- Por que não consegue deixar de gostar de quem não gosta de gente?
- Por que a gente não manda no coração?
- Por que a gente não gosta de quem gosta de gente?
- Por que a gente, apesar de achar que controla a própria vida, não consegue tomar as rédeas do nosso destino?
- Por que tudo não é mais fácil?
- Por que eu nunca consigo dormir?

4 comentários:

Priscila disse...

É horrível, né?! Ui! Odei ter insônia...
beijo, flor!

D. disse...

eu nunca tive insônia, até o ano passado. foram 4 meses dormindo apenas 3 horas por noite. isso me trouxe muitos problemas. comecei a regular o sono com um remedinho, mas não passei mais que uma semana tomando. voltei a dormir bem. mas ainda não descobri remédio pra saudade, pra amar, pra deixar de amar, pra parar de sofrer ou parar de fazer outras pessoas sofrerem.

Mônica disse...

é..nem eu!
Mas acho que não tem remédio não. A gente tem que aguentar no osso do peito.
E quanto ao remedio pra insônia, meu médico vem insistindo pra eu tomar. Acho que vou me render.

D. disse...

meio rivotril. :)