quinta-feira, junho 12, 2008

Tão pouco para ser feliz

Eu estava assistindo antes uma reportagem sobre uma comunidade ribeirinha no Norte do País. A repórter perguntou para uma moradora como era viver ali. A senhora, com cara de feliz, disse que era maravilhoso. Que agora até a energia elétrica tinha chegado ao local. A repórter então perguntou se ela era feliz ali e ela, com aquela boca com poucos dentes, num sorriso largo disse que sim. Que sempre foi. E que antes da chegada da luz talvez fosse mais feliz ainda. Pois naquele tempo tinha menos contas a pagar!!!!!
Pois é!

Um comentário:

Clari Ro. disse...

Ia ser bom não ter luz, não ter televisão, nem cinema, muito menos Sex and the City. O que são aquelas roupas?? Morri.