quarta-feira, agosto 23, 2006

Mônica

Prazer, meu nome é Mônica.
Esse blog foi feito como um exercício. Um exercício muito particular de auto-conhecimento.
Agora já estou conseguindo dizer que meu nome é Mônica. Comecei muito tímida, tateando em busca de um espaço. De um chão firme. Como uma adolescente tentando conquistar sua paixão, se achando segura no anonimato.
Para mim sempre foi difícil falar do meu "eu". Sempre preferi ouvir do que falar. Era capaz de ficar horas ouvindo confissões e desabafos alheios sem sequer falar algo de mim. Com o tempo isso foi mudando. Talvez por isso há tempos frequento blogs alheios, e somente muito recentemente comecei a me manifestar, ainda usando codinomes.
O interessante é que parece que existem duas Mônicas.
Uma profissional, que não consegue ser anônima. Sempre falante, sempre com uma opinião. Tanto que sou razoavelmente conhecida no meu meio. Sou enfermeira e professora universitária. Como tal já escrevi livro, já publiquei artigos científicos, ja fiz conferências, palestras, viajo muito tanto pra ensinar quanto pra aprender, na maioria das vezes para ensinar e aprender (até por que acho que esse é um processo indissociável - o aprender e o ensinar).
Já falei muito e já falei demais, tanto que já fui processada por dizer o que penso.
A segunda Mônica é esta que está aqui agora. A mulher. E assim, pessoalmente, prefiro passar despercebida. Pelo menos eu tento, embora o tamanho não permita. Sou alta e estou numa eterna luta para perder os quilos que tenho mais do que queria ou poderia.
Enfim, sempre preferi não me expor. Não expor sentimentos, afetos. Só alguns eleitos (muito poucos) tinham livre acesso aos meus pensamentos, sonhos, enfim...Alguns de uma forma assustadora!!!
Isso foi mudando nos últimos tempos. Talvez fruto da terapia que faço há anos. Primeiro por necessidade, para resolver dilemas causados por escolhas erradas, atitudes erradas, nem sempre voluntárias, mas conseqüentes ao processo de crescimento. E agora, por necessidade do auto-conhecimento, do crescimento, do aprendizado para poder fazer novas escolhas mais saudáveis.
Assim, tudo isso para dizer que já estou avançando. Já estou escrevendo sobre o que penso e o que sinto. Já estou mais disposta agora à exposição e segura para aguentar as conseqüências (pelo menos eu espero).
Prazer, meu nome é Mônica.

4 comentários:

Pri disse...

Parabéns, boa sorte e muito prazer! ; )

Mônica disse...

o prazer é todo meu Pri. bj

Daniel disse...

Prazer, Daniel, seu criado.

Mônica disse...

ahahaha..adorei. olha, se eu levo ao pé da letra....
Prazer Daniel