quarta-feira, maio 30, 2007

Doa-se um terapeuta

E eis que fui na terapia.
Já cheguei toda sem jeito para contar todos meus atos de rebeldia da semana.
Contei das decisões loucas que tomei, das promessas de quebrei, das viajens sem pensar que tenho feito, das noites sem dormir, do dinheiro que gastei.
E eu chorava. E ele me aplaudia.
Ai eu chorava mais ainda carregada de culpa.
E ele ria e aplaudia mais ainda, dizendo que se eu continuar assim vai me dar alta!!!
Como assim? Logo agora que pirei de vez?
Será que nem ele me agüenta mais?
Ou a cura é a insanidade completa?

4 comentários:

Moni disse...

Os insanos conquistarão o mundo!!! Mô seja bem-vinda!!! Aproveite a insanidade!

bjusss

Clari Ro. disse...

Quando ele ficar mudo com cara de assustado te olhando aí sim tu não tem mais jeito. Ele tá batendo palmas!! Tu tá no caminho certo, Mô! E pára de chorar de culpa que no próximo encontro das meninas quero te ver. hehe. Olha a pressão...rs.

Mônica disse...

se tu aparecer né clari?

D. disse...

clap, clap, clap!