terça-feira, junho 09, 2009

Sem rumo

Tenho passado tempos difíceis, pessoal e profissionalmente. São tantos os problemas que estou quase imobilizada.
O engraçado nisso tudo é que, antigamente, ter esses problemas era fator para que eu ficasse mais criativa, mais pró-ativa. Sempre fui movida a desafios.
Mas agora, por algum motivo, ter problemas me deixa assim meio "tico-taco-sem-buraco". Não consigo saber para onde tenho que ir, como tenho que fazer.
Estou me sentindo como se estivesse dirigindo sem rumo por uma estrada de chão, cheia de obstáculos, de buracos, de barricadas. Estou sentindo medo, insegurança.
Tudo isso tem me afastado dos meus amigos, dos relacionamentos e da minha família.
Estou fechada como um concha. Não consigo sair da toca.
Sei que preciso reagir e tentar voltar ao que era antes. Mas me faltam forças.
Desculpem aos poucos leitores desse blog. Sei que vocês nada têm a ver com isso. Mas, como sempre disse, esse espaço foi criado para meus desabafos. E funciona.

5 comentários:

Vica disse...

Claro que funciona. Desabafa sempre. Bjs
PS. Vê se quando vier de novo me liga!! Nem que seja pra um café na rodoviária!

Mônica disse...

tenho ido com o motorista Vica. só entro e saio do carro nos locais das reuniões. mas estou tentando me organizar para um tempo de lazer. prometo te ligar. beijos querida.

Irene Tiraboschi disse...

escrever é editar o amor em poesia
tentar colocar em linhas nosso anseios, desejos,dúvidas e tropeços
fica mais fácil depois analisar e rever o que possa estar errado.
sucesso sempre

beijocas

Mônica disse...

Sábias palavras Irene. Bem isso que sinto. Obrigada pela visita e pelo link lá no teu blog. Bjs

segredosdavida disse...

Parabéns pelo blog...me senti muito bem por aqui! Espero que o momento difícil já tenha passado...Se não, tenha certeza que passará e você será vencedora e feliz no fim de tudo!
SAÚDE, PAZ E SUCESSO!